PT-550


Meu primeiro celular foi um Motorola PT-550. Deve ter sido o primeiro de muita gente com mais de 35. Era 1994. Consegui o celular e a linha com um amigo por R$750,00. E morto de alegre. Isso mesmo, os mais novos não viveram isso, mas a linha era disputadíssima e custava R$386,00 na antiga TELEPISA CELULAR. Não era só chegar e comprar, tinha que entrar numa fila de espera. Por isso tive sorte de encontrar com um terceiro.

Todo mês eu tinha que pegar a conta no escritório do titular da linha, por que era intransferível. A conta não chegava em minha casa.

Para transferir a linha para meu nome e receber a conta em casa  tive que desembolsar mais R$ 386,00. Isso mesmo. E não tinha pra quem reclamar. Tinha que comemorar, pois se você estivesse achando ruim tinha mais gente que queria. O pior: Tenho saudades dessa época (só pela nostalgia).

Agora vamos falar do aparelho. Além do ‘belo design” ele tinha uma bateria gigante que durava muito pouco. Se você fosse um cara que falasse muito não durava mais que 2 horas, daí tinhamos que ter várias baterias e levá-las conosco para todo e qualquer lugar. Legal, né? Não, tudo menos legal.

A agenda cabia apenas 100 números, a gente tinha que ficar freqüentemente apagando pra substituir. Saber quem estava te ligando nem pensar.  Tinha outro absurdo: se você ligasse pra o número de alguém que estava viajando, você também pagava o adicional, mesmo sem saber de nada.

Clique AQUI, assista o vídeo do comercial e mate as saudades.

Lembrando que quase na mesma época surgiu o FUJITSU que custava R$ 1.500,00. Aí já é história pra outro tópico.

Anúncios
Esse post foi publicado em Variedades e marcado , . Guardar link permanente.

4 respostas para PT-550

  1. Ana disse:

    na verdade esse nao foi o primeiro cel. do brasil, era um que parecia um telefone sem fio, era enoooorme, e a bateria durava 1 hr só, e tb nao pegava mt longe de casa, o maximo que funcionava era na cidade do lado, a meia hr. Lembro pq minha mãe tinha um desses, era mt cafona, mas ela precisa por causa do trabalho…

  2. Mêlanie disse:

    Minha avó tinha um desses, um peso!

  3. Fabio disse:

    Realmente esse já era muito moderno comparado com po primeiro que a antiga Telerj Celular usava. Era um Tecnophone muito maior, de autonomia de 1 hora como a Ana diz. Eu acho que ainda tenho ele porque chegou a valer 5.000 reais.

  4. tefferson disse:

    Eu tinha um da Gradiente que usava uma bateria igual à de filmadora…
    Muito tosco!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s